Cherry Hannah & Rocket Cupcake

Cherry Hannah #9

Idade: 31 anos // Ocupação: veterinária // Música favorita: todas que me façam feliz // Curiosidade: nunca gostei de andar de patins “quad”, lembro-me bem das aulas de patinagem no secundário com aqueles patins de fivela horríveis. Foi preciso chegar aos 29 para perceber que ADORO patinar com estes patins.

Conheci as Rocket Dolls em 2014, num concerto de Garotos Podres e Carne pa Canhão em Coimbra. Na altura estavam a recrutar skaters e tinham a banca montada no local do concerto. Não é muito habitual encontrarmos equipas desportivas nestes locais, muito menos equipas desportivas a recrutar daquela forma, assim como também não é costume encontrarmos raparigas de patins num salão cheio de pessoas em pleno concerto. Lembro-me de ter ficado fascinada com a banca, com os patins expostos (eram perfeitos), com o logotipo da equipa (cheio de garra feminina), com o merch, com tudo!! Não fazia ideia de que desporto se tratava, mas só por envolver patins, parecia-me muito bem.

Quem me acompanhava incentivou-me a abordar as meninas que estavam na banca e elas foram super receptivas. Nessa semana fui a um treino, a 26 de Novembro 2014 e o que senti quando calcei os patins foi indiscritível, uma sensação de liberdade, frescura na cara, adrenalina, liberdade, recordações antigas em que passava dias inteiros a patinar na rua… Há muito tempo que não sentia nada igual. Quem experimenta o desporto diz sempre o mesmo, mas a verdade é que é um desporto viciante.

Este ano, tive a melhor lesão de todas, a que chamamos a lesão de 9 meses, o que me fez afastar um pouco dos treinos, mas espero de futuro conseguir recuperar e aprender tudo o que elas aprenderam no último ano. Evoluíram consideralvemente!! Ainda assim, os treinos são refrescantes e ver as minhas colegas em pista, com aquela garra e determinação faz-me sentir muito orgulho naquilo que conseguiram, bem me lembro como começámos.

É um prazer fazer parte de algo tão enérgico e vibrante como o Roller Derby, fazer parte de uma família que já fez tanto, mas tanto, em conjunto, desde aniversários da equipa e dos elementos da equipa, a um casamento ao estilo dos nossos treinadores, as despedidas de solteira e o nascimento de duas baby rocket dolls. E equipa já viu conquistas individuais e coletivas, já organizou eventos da modalidade com a máxima distinção, já jogou, já ganhou, já perdeu, já aprendeu e demonstra diariamente a capacidade que tem para chegar mais além. Temos tanto para aprender e absorver e ainda muito mais para mostrar. O próximo ano reserva muitas supresas para o público e muitos muitos jogos. Vem conhecer todo o nosso projecto e apaixona-te por esta modalidade.

Cherry Hannah #9
Cherry Hannah #9

Rocket Cupcake #5

Idade: 45 // Ocupação:  professora/ cake designer // Música favorita: soul, rock, alternativa // Curiosidade: como o cake design é uma das minhas atividades, foi fácil escolher o meu derby name . Escolhi o 5 por ser o meu número favorito desde sempre.

Desde bem pequena que adoro patinar e sempre me interessei por esta atividade ao longo da minha vida. Quando descobri a equipa, logo no início da sua formação, ainda não conhecia bem o desporto e achava que era sobretudo patinar à volta de uma pista. Depois de conhecer um pouco mais, quer através dos treinos, quer através de informação que ia recolhendo, confesso que comecei a ficar um pouco assustada com as quedas, com os empurrões e com as nódoas negras neste corpo um pouco frágil e já não tão jovem. Mas com o decorrer do tempo, comecei a ficar cada vez mais fascinada não só com o desporto em si, mas também com tudo o que representa o Roller Derby.

Aprendi que se cair, levanto-me; se sou frágil, torno-me forte (fisica e psicologicamente); se me magoo, recupero; se sou lenta, torno-me rápida e ágil, se estou em baixo, depressa me animo com o convívio… e será tudo mais fácil se conseguir treinar com a frequência adequada. Neste momento, por razões pessoais e profissionais, o meu contributo para a equipa é a nível de arbitragem e de NSO, mas espero um dia poder sentir a adrenalina de estar a competir em equipa na pista.

Por outro lado, conheci um mundo novo de amizade, companheirismo, respeito e diversidade, do qual já não me consigo afastar.

Tenho acompanhado a evolução da equipa e estou muito feliz e orgulhosa com tudo o que já conseguimos alcançar. Tenho a certeza que 2017 será um ano muito bom para as Rocket Dolls, cheio de sucessos e de reconhecimentos.

Rocket Cupcake #5
Rocket Cupcake #5
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s